Paper sigradi2008_039:
As implicações da Realidade Virtual na prática de projeto: aspectos ergonômicos de ambientes imersivos virtuais interativos. [The implications of Virtual Reality project practices: ergonomic aspects of interactive virtual immersive environments]

Cumulative Index of Computer Aided Architectural Design
in Spanish

Works

Welcome guest _anon_756680

id sigradi2008_039
authors Malard Monteiro, Humberto; Rodrigo Peronti Santiago, Marcus Soares, Vanilson Cosme
year 2008
title As implicações da Realidade Virtual na prática de projeto: aspectos ergonômicos de ambientes imersivos virtuais interativos. [The implications of Virtual Reality project practices: ergonomic aspects of interactive virtual immersive environments]
source SIGraDi 2008 - [Proceedings of the 12th Iberoamerican Congress of Digital Graphics] La Habana - Cuba 1-5 December 2008
summary O objetivo deste trabalho é discutir algumas aplicações da Realidade Virtual no campo da Ergonomia e da Arquitetura e como ela pode contribuir para facilitar a concepção de projetos, bem como a interface projetista-usuário. A Realidade Virtual, através de Ambiente de Imersão Virtual de Tecnologia Simplificada – AIVITS – pode também contribuir para concepção de objetos ou espaços de uso mais fácil para o usuário, reduzindo desta maneira, consultas recorrentes a manuais de instrução. Isso torna o uso da tecnologia mais prático e confortável , o que é o objetivo último da Ergonomia. Discute-se como realidade virtual, através do AIVITS, o auxílio ao projetista na interface com seu cliente, proporcionando ao profissional uma melhor explanação de sua proposta de design. Parte-se de princípio que, sendo leigo, o cliente nem sempre terá condições de entender as proposições do projetista em sua plenitude. Argumenta-se que, sob a ótica do projetista, a realidade virtual pode ser utilizada como uma excelente ferramenta explicativa, posto que ela permite a interação com certos aspectos (complexos) do projeto que se mostram difíceis de serem compreendidos por leigos. Procura-se demonstrar que ambientes imersivos virtuais interativos, em especial os de tecnologia simplificada, podem ser ferramentas valiosas e práticas na concepção de novos dispositivos pelos seguintes motivos: (a) evitam o desperdício com re-trabalho que, além de consumir tempo, consome dinheiro e esforço (já que certas alterações no projeto implicam em destruição parcial ou definitiva do objeto); (b) o processamento de informações, até que se chegue a uma proposta final, diminuindo a carga física, psíquica e cognitiva, (Dejours C.) tanto do projetista quanto por parte do usuário. Este estudo pretende, também, avaliar a concepção dos projetos de produtos, no que diz respeito aos custos de manutenção e de reparos. Demonstra-se que os AIVITS podem ser de grande valia para auxiliar projetistas e profissionais de manutenção no equacionamento de problemas relativos a montagem, desmontagem e manutenção de equipamentos, já que a realidade virtual é uma forma econômica para a reconcepção de dispositivos, permitindo a sua vizualização em 3D e em diversos ângulos.
keywords Ergonomia, processo de projeto, realidade virtual, profissional, usuário.
series SIGRADI
email vanilsoncosme@yahoo.com.br
content file.pdf (210,232 bytes)
discussion No discussions. Post discussion ...
ratings Ratings: 1 3
last changed 2009/04/23 15:15
 
© CUMINCAD 2004